Sunday, April 30, 2006

Iniciamos nosso trabalho de campo!

Oi pessoal!
Iniciamos nosso trabalho de campo na sexta-feira (28/04). Foram realizadas três entrevistas, as quais já suscitaram algumas reflexões!
Qual seria o papel conferido à educação frente ao desenvolvimento tecnológico? Como nossas entrevistadas percebem essa relação?
Estamos apenas iniciando nosso trabalho. Talvez consigamos ver ao final desta pesquisa posssíveis reflexões deste grupo acerca das implicações sociais do desenvolvimento tecnológico e suas relações com a educação.
Desta forma vamos caminhando em busca de compreender como professores das séries iniciais do ensino fundamental concebem a educação tecnológica.
Mônica Lana

Wednesday, April 19, 2006

Eu amo o que eu faço

Apresento-lhes alguns trechos marcantes na entrevista realizada com uma professora de 1a à 4a série. Como preocupei-me em transcreve-la na integra, desconsiderem nossos vícios de linguagem, ok?!

Sobre Educação:
Educação pra mim é tudo né não tem como você viver sem educação em todos os sentidos acho que a partir do momento que vc já tá no ventre vc já começa a ser educado né aí começa a partir daí e vários níveis né na educação É tem a educação lá fora né (riso) e educação aqui dentro né.


Sobre educação escolar e a sociedade tecnológica
(...) a gente vai caminhando mas à à passo de tartaruga né mesmo com tanta informação que a gente tem hoje né, tantos recursos e ainda hoje a educação eu vejo que ainda está muito a desejar.

(...) nós temos mais recursos mas ao mesmo tempo nós também temos dificuldade de tá usando esses recursos (...)

os alunos da gente eles trazem uma bagagem enorme muitas vezes a gente né... pra lidar com isso aí é meio complicado


Sobre tecnologia...

Bem tecnologia pra mim são os recursos que você utiliza né, na educação o giz, se você for analisar até é o giz é uma tecnologia... desde o mais simples até o mais sofisticado, né então.

O que falta em nós é saber lidar com tudo isso porque hoje recurso pra se trabalhar tem muito

Eu vejo em todos os sentidos tipo assim ó: a música, você vai trabalhar uma música vc tá usando né, o xerox, o mimeógrafo, televisão, vídeo tudo isso são tecnologia né.


Na sociedade, as redes, a globalização. Mas na escola...

vejo assim que não tem como você planejar você discutir, você se inteirar num grupo se você não tem esse espaço que é... De 15 em 15 dias você tem duas horas para reunir em duas horas se você for analisar não dá pra você falar nada, não dá pra você fazer nada.

(...) então acaba você trabalhando querendo ou não de uma certa forma individual né você não sabe? Não faz muita parte do grupo ce sente que o grupo fica distante né fica disperso.


Sobre o papel docente no contexto atual.

agora resta saber de todos os profissionais têm interesse, tempo pra estar aprendendo, pra ser capacitado a mexer com tudo aquilo porque recurso gente hoje vc vê que nós estamos ficando pra trás no sentido de, de nossos alunos eles têm várias informações e traz pra gente e quanto que a gente perde com isso então nós não podemos ficar pra trás

a arma que o professor tem nas mãos é muito grande e eu acredito a mudança a partir do momento que eu também reconheço que eu sou capaz né e a partir daí que eu vou construir... é... vou construir um novo mundo então eu vejo o professor como uma referencia muito grande pra tudo isso aí.



DIANTE DESSES INDICATIVOS, COLEGAS. ALGUÉM CONSEGUE IMAGINAR O QUE SEJA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PARA ESSA PROFESSORA?

Apropriação, alfabetização, aculturação, letramento...

Magda Soares coloca que a apropriação da leitura e da escrita incorpora as práticas sociais que a demandam, diferentemente da alfabetização, que diz respeito à aprendizagem da "tecnologia" do ler e escrever. Aqui pude entender porque a semelhança colocada pelo professor entre apropriação e alfabetização não me caiu bem, embora no momento não tivesse embasamento teórico. A mesma poeira paira nos meus pensamentos com relação à aculturação e letramento.

ENTREVISTA

Vejam as questões que elaboramos para entrevistar nossas professoras. Qual a opinião de vocês?

  1. Nome, formação, quanto anos atua na docência.

  2. O que você entende por educação?

  3. O que você entende por tecnologia?

  4. Na escola existem discussões sobre educação e tecnologia?

  5. Em quais momentos de sua história profissional você teve oportunidade de discutir sobre as tecnologias na sociedade.

  6. Você percebe a tecnologia presente em sua sala de aula? Se sim, de qual maneira?

  7. Como você interpreta a discussão que os PCNs realizam sobre as novas tecnologias?

  8. O que você entende por educação tecnológica?

  9. Você considera importante a presença de uma educação tecnológica nas séries iniciais?

  10. Como você acha que a educação tecnológica poderia acontecer nas séries iniciais do ensino fundamental?

  11. No contexto atual qual seria o papel do educador das séries iniciais?