Sunday, May 07, 2006

Reflexões!!!

Cada vez mais novas tecnologias são introduzidas na vida do homem, transformando valores, modificando culturas e consequentemente criando novas concepções sobre seu papel social.
Nesse sentido, como educar de forma que os alunos sejam preparados, ou melhor, aprendam a lidar com essas tecnologias?
Há um discurso na literatura enfatizando-se que diante do contexto atual, frente às inúmeras transformações nos diversos campos sociais, seja na economia, na política, no trabalho, na cultura, relacionadas ao avanço científico - tecnológico, faz-se necessário que a prática educativa esteja direcionada à contextualização. Ou seja, há de se considerar as experiências advindas do cotidiano no processo educacional.
Como mudar a prática em sala de aula? Seria a contextualização que levaria os alunos a lidar com novas tecnologias???? Este discurso não está um pouco repetitivo ?? Então o que fazer? Como os professores pensam estas questões??
O que dizerrrrr???
Mônica

3 Comments:

At 8:00 AM, Blogger Educação Tecnológica said...

O discurso está um pouco repetitivo porque ainda não foi assimilado. Mas foi apropriado pelos educadores que sempre falam nisso. Preocupo-me, enquanto educadora, de que esta repetição banalize sua importancia. É preciso sim contextualizar o processo ensino-aprendizagem e considerar a realidade do aluno. O problema é que tendemos a subestimar a realidade do aluno, principalmente daqueles residentes em regiões carentes. Talvez façamos isso por não conhecê-la. Agora o "como fazer" é a pergunta fixa. Temos uma mania de receitinha, não é? Acredito que os profissionais que se preocupam com a contextualização do processo ensino-aprendizagem já têm feito. E talvez conhecer o trabalho de outros colegas seja um caminho...

Leandra

 
At 12:07 PM, Anonymous Patrícia Alves / Cultura Tecnológica said...

Concordo com a Leandra e enfatizo a seguinte idéia:
"As mudanças mais importantes na lógica educacional orientada para o oferecimento de ensino de qualidade, garantindo acesso à infra-estrutura, à informação e à interação comunicativa - sem nenhum tipo de exclusão social - para todos, não estão, no entanto, nos avanços tecnológicos, possibilitados pela sociedade da informação.

Antes de tudo, para alcançar a mudança necessária à integração dos cidadãos nesse novo projeto de sociedade, é preciso que ocorra uma profunda, significativa e absoluta 'mudança institucional' nos sistemas e nas esferas educacionais.

A atuação de qualidade do professor brasileiro na sociedade da informação vai depender de toda uma reorganização estrutural do sistema educacional, da valorização profissional da carreira docente e da melhoria significativa da sua formação, adaptando-o às novas exigências sociais e oferecendo-lhes condições de permanente aperfeiçoamento e constante atualização". (KENSKI, 94. 2003)

Faço das palavras de Vani Kenskki, as minhas!

Patrícia Alves
________

KENSKY. Vani Moreira. Tecnologias e ensino presencial e a distância. Campinas. SP. Papirus, 2003.

K

 
At 4:20 AM, Blogger ECCT-VENTURA said...

Vani Kenski com a bola toda, né? A boa educação começa e termina com uma boa conversa, bom diálogo entre as partes. Se puder ser mediada por tecnologias, o processo poderia ser um pouco mais rápido. Aí entram as questões estruturais das quais fala Vani.

 

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home