Sunday, June 18, 2006

Professores das séries iniciais, o que pensam?

O que pensam os professores das séries iniciais...
A discussão sobre educação tecnológica com professores das séries iniciais, permitiu uma reflexão sobre o tema. Os professores que aceitaram o desafio tiveram um momento para relato de suas experiências, de repensar as suas práticas e até arriscaram um conceito para educação tecnológica.
Vou apresentar dois conceitos fornecidos pelas nossas entrevistadas, com concepções diferentes.
Um conceito de educação tecnológica
"A educação tecnológica é aquela que prepara um cidadão competente e crítico para todo o ambiente em que vive e não só para o trabalho em si. É uma educação que prepara para a vida, para tomar decisões, integrar conhecimentos. Prepara para agir e não só para reagir, planejar e não apenas executar. Para ter competência no trabalho e diante da vida como um todo.
A educação deve acompanhar o desenvolvimento das tecnologias, criticando e adaptando os conhecimentos às necessidades da produção, porém a educação técnico- profissional não deve permanecer a reboque do desenvolvimento tecnológico, mas procurar situar-se em posições de vanguarda face às mudanças e transformações que acontecem no mundo". (BASTOS).
Veja as concepções de educação tecnológica de duas das nossas entrevistadas.
Concepção da entrevistada 1.
Educação tecnológica: "Não seria as vezes, eu fico as vezes até floriando demais. Não seria aquela educação tecnológica assim, só a base da tecnologia... no computador o tempo todo, o professor é, é respondendo para os alunos através do, num é... É isso? Através do computador, passando email para os alunos dando respostas necessárias para os alunos. Os alunos que de repente, os alunos estão aí na busca, o professor tá respondendo pra eles né, o aluno tá... tipo estudando à distância, suponhamos ele está estudando à distância.Então ele tem um professor pra tá atendendo através do computador."
Concepção da entrevistada 4.
Educação tecnológica: "Olha, educação tecnológica eu acho que seria né, se nós tivéssemos conhecimento pra tá usando o que tem de novo aí."
Eu acho, por exemplo, o caso de quando eu comprei a minha máquina. Eu assentei e peguei o manual e li, entendeu? Eu acho tão mais simples hoje no dia a dia, aquele folheto que vem lá, eu achei muito satisfatório, não tive problema nenhum. Tinha dúvida, voltava lá no manual, entendeu? O manual que a fábrica oferece né?
Eu creio que no sentido geral e da tecnologia aí é esse questão da gente tá trabalhado com o aluno para que ele seja independente, para que ele tenha autonomia daqui pra frente, entendeu? Como usar a escova de dente, entendeu? Abrange a vida toda da pessoa.
Consolação.

Sunday, June 11, 2006

Trajetória da pesquisa

Para realizar nossas entrevistas foi necessário estabelecer um acordo com a escola, tendo em vista que o trabalho foi desenvolvido no horário de aula. Enquanto duas integrantes do grupo realizavam entrevistas, a outra deveria assumir a sala de aula, para que nossa presença não viesse a descontrolar as atividades normais da escola. Que loucura!! Fiquei quarenta minutos com uma turminha de primeira série. Não sabia o que fazer! Apenas fazia brincadeiras... ou seja, acho que não tenho a “técnica” para trabalhar com crianças.
Fiquei refletindo sobre a importância e responsabilidade da tarefa de educar. Professoras que se encontram em condições de trabalho inadequadas, além de questões relativas à valorização profissional e mesmo assim gostam do que fazem.
Através de nossas entrevistas, penso que disponibilizamos um tempo de reflexão para estas professoras, sobre questões que algumas delas ainda não haviam pensado.
Estamos na fase de transcrições e em breve faremos a análise dos dados. Vamos ver como chegar a uma definição sobre Educação Tecnológica!!
Mônica